Vencendo o Grande Desafio

Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. Romanos 12:10

Introdução - Eu indico o capítulo 12 de Romanos como o “livro de cabeceira” para todo cristão, ele é rico e deve ser lido sistematicamente todos os dias. Nele o Apóstolo entre tantos assuntos trata sobre o cristianismo na prática nos ensinando a criar uma relação com Deus e mantê-la, nos ensinando sobre os dons espirituais e suas manifestações, os mandamentos e como ter o bom comportamento de um cristão. Nesse capítulo vamos encontrar lições importantes para alegrarmos o coração de Deus e uma delas é o princípio de priorizar o outro.
A honra não se limita àquela que Deus nos concede nos momentos de vitória nas mais diversas circunstâncias da vida, ela também existe como reconhecimento diante de Deus. O interessante é que Aquele que é digno de receber toda a honra também nos pede que ofereçamos ela aos demais, ou seja, ao próximo e neste ponte alguns ainda encontro grandes dificuldades.

Motivos de tal dificuldade - Vivemos em um mundo de extrema competitividade, somos treinados e capacitados para superarmos constantemente os outros. Fazemos isso na tentativa de ganhar a vaga na empresa, de obter o maior benefício entre os colegas de trabalho, de entrar naquela vaga na universidade. Somos constantemente instruídos e motivados a ser o melhor, estar em primeiro lugar e superar os demais em tudo. E que fique claro que não há erro em se preparar para conquistar as oportunidades que surgem em nossa vida, o problema é quando se faz disto um estilo de vida, uma competição ambiciosa e sem fim, contagiando todas as áreas da nossa vida, tornando-nos insensíveis diante da necessidade do outro. Neste ponto podemos cometer atitudes de desonra para com o próximo, e assim entristecemos o coração de Deus. Lembre-se de que a recomendação em priorizar o outro é feita pelo apóstolo Paulo aos salvos, portanto, a nós, para que antes de priorizar a nossa necessidade, que atentemos para a necessidade do outro. É exatamente isto. O caminho pleno da honra, segundo a Bíblia Sagrada, começa pela busca em honrar e valorizar os nossos irmãos, e isso agrada o coração de Deus. (Livro Vida em Plenitude página 11).

Como devo agir? – Obedecendo os MANDAMENTOS registrados por Paulo aos Romanos a partir do versículo 9. Porem antes de estudarmos vamos relembrar o que é um mandamento: Mandamento é o substantivo masculino com origem no verbo MANDAR, que significa ORDEM ou REGRA. Um mandamento é uma voz de comando, preceito ou mandado.
- Vejamos quis são esses mandamentos para a extensão ou não da honra:
Romanos 12: v.9 - O amor seja não fingido (verdadeiro, não dissimulado ou hipócrita). Aborrecei o mal(expressar-se contra tudo que é mal, afastar-se e aborrece-lo) e apegai-vos ao bem.
v.10 - Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal (fala sobre a unidade entre os irmãos “crente”), preferindo-vos em honra uns aos outros (o respeito mede-se por sua avaliação da outra pessoa).
v.11 - Não sejais vagarosos no cuidado; (deve ser feito com diligência, presteza, rapidamente, com zelo, atenção, sem preguiça e com responsabilidade) sede fervorosos no espírito (sendo guiado pelo Espírito Santo), servindo ao Senhor (servindo em tudo o que fizer);
v.12 - Alegrai-vos na esperança, (crendo em Deus) sede pacientes na tribulação (permanecendo calmo na prova, não fugindo dela, perseverai na oração;
v.13 - Comunicai com os santos nas suas necessidades (manifestação do cuidado e da generosidade), segui a hospitalidade (sendo servo para com todos);
v.14 - Abençoai aos que vos perseguem, abençoai, e não amaldiçoeis. (O cristão só deve abençoar)
v.15 - Alegrai-vos com os que se alegram (demonstrar alegria sincera diante das conquistas do outro); e chorai com os que choram (demonstrar tristeza sincera com a dor, a provação, tribulação e perca do outro);
v.16 - Sede unânimes entre vós (ter o mesmo propósito e conceito para com todos, quer seja grande ou pequeno, pobre ou rico); não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes (a maneira em que o cristão trata uma pessoa que tenha um cargo mais baixo na vida quando outras pessoas não o veem ou escuta-o revela que exatamente ele é); não sejais sábios em vós mesmos (humildade intelectual, fugir de grupos que tenham conversar tendenciosas a uma espécie de aristocracia espiritual, uma “casta superior de cristão” );

DESAFIO DA SEMANA - O desafio desta semana está relacionado à nossa decisão de honrar, amar e servir ao próximo. Faça uma reflexão sobre este princípio e tente identificar como você pode aplicá-lo em sua vida. Leia Mateus 19.19, procure descobrir como é possível, no decorrer da semana, colocar em prática a decisão de honrar o próximo como a ti mesmo.

Negue-se, Tome a Cruz e Siga a Jesus


“E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me”. Lucas 9:23

No último domingo fomos orientados pela palavra de Deus a mantermos a vida no altar. (Se você não teve a oportunidade de ser ministrado por esta palavra, por favor após o culto acesse o nosso site: www.plenitudedafe.com.br pois as mensagens sempre ficam disponíveis por lá.
Hoje em todas as Igrejas Plenitude da Fé seremos instruídos sobre o que devemos fazer para permanecer caminhando com Crist
o até que todas as Suas promessas se cumpram em nossa vida.

INTRODUÇÃO: Você já percebeu o quanto é difícil negar os seus desejos e vontades? Principalmente quando você enxerga neles uma necessidade ou dependência, algo incontrolável. Não é nada fácil; mas se você deseja seguir a Cristo, então terá que encontrar forças para deixar de lado tudo o que tem te desviado do foco, da mensagem da cruz. Se você deseja seguir a JESUS então é necessário:
  1. NEGAR a SI MESMO – Gálatas 2:20: “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vivo, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim”. Você só será capaz de negar a si mesmo quando compreender a dimensão do valor da Cruz de Cristo. Paulo entendeu que o filho de Deus lhe amou tanto que se entregar por ele na cruz, e foi exatamente esta compreensão fixada plenamente em seu espirito, que resultou na afirmação: “Estou crucificado com Cristo. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus”. Para Paulo, nada mais em sua vida importava senão aguardar a Deus. Nenhum valor, nenhum desejo, nenhuma vontade se equiparava ao valor da vitória que ele havia alcançado em Cristo Jesus.

  1. TOME a SUA CRUZ – 1 Coríntios 1:18: Pois a mensagem da Cruz e loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, e o poder de Deus. Quando Cristo diz ser necessário que cada um tome a sua cruz, Ele está afirmando que diante das nossas escolhas precisamos decidir pelo o que é certo, temos que viver na verdade, caminhando sempre com a justiça e praticando em todo o tempo o amor; mesmo que o resultado imediato dessas escolhas torne a nossa caminhada ainda mais difícil. Se você realmente deseja agradar a Deus, a ordem é não abandonar a sua cruz. Passe pelos desafios, supere as frustrações, resista as humilhações e lembre-se de que assim como Cristo você também vencerá no Ano Profético do Renovo.

  1. SIGA-ME – Lucas 9:23 : “E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me”. Agora sim, podemos desfrutar do grande privilégio que é o de caminhar com Cristo. Que presente glorioso aos que decidem negar a si mesmo não abandonado a sua cruz. Se você é um desses, significa que se tornou amigo de Deus, agora é possível caminhar com Cristo, desfrutando plenamente do seu precioso amor, cuidado, concelhos, além de sua graça e misericórdia.

CONCLUSÃO – Glória a Deus. Hoje é o melhor momento da vida para diante de Deus declararmos o nosso compromisso de fé. Que Cristo viva em nós, e que tenhamos forças para continuar carregando a nossa cruz, pois caminhando com Cristo certamente viveremos o melhor no Ano Profético do Renovo.
Mais Informações ligue: (11) 4723-1808    WhatsApp: (11) 94773-0125

Pastor Daniel Junior - PERDOE


Hoje daremos sequência ao direcionamento pastoral falando sobre algo muito importante para quem deseja viver todos os milagres de Deus no Ano Profético do Renovo. Hoje vamos aprender um pouco mais sobre o perdão. Você já cometeu algum erro na vida? Já tomou alguma decisão precipitada e equivocada que acabou por decepcionar e ferir alguém traindo-lhe a confiança? Infelizmente é provável que alguma dessas coisas já tenham acontecido com você, não é mesmo? Agora tente imaginar qual seria o tamanho do prejuízo em seus relacionamentos e em sua vida caso não existisse o perdão. É bom que se diga que até mesmo as pessoas mais prudentes inevitavelmente em algum momento da vida precisarão do perdão para si ou deverão pratica-lo em favor de alguém. Por esses motivos vamos aprender mais sobre perdão.

1.       DEUS QUER QUE VOCÊ PERDOE – Mateus 18:21,22: Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: "Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? " Jesus respondeu: "Eu lhe digo: não até sete, mas até setenta vezes sete.
Quando você por alguém é agredido, maltratado, caluniado, traído, ofendido entre outras coisas do tipo; é bem natural que haja uma reação de sua parte, ela é provocada por seus instintos. O problema é quando você se deixa influenciar por sua natureza pecaminosa, isso te leva a reagir da mesma maneira ou até pior, pagando o mal sempre com a mesma “moeda”. Essa decisão te distanciará do amor, da graça e da misericórdia. Agora os sentimentos nutridos por você passam a ser o rancor, o ódio, a mágoa e todo tipo de maldade. A sua vontade é de ficar longe do agressor, de nunca mais vê-lo e agimos assim na tentativa de nos livrar de tais sentimentos ruins e principalmente de nunca mais nos permitir ser machucados por esta pessoa de novo. O que você precisa saber é que esta decisão vai resultar exatamente no oposto por que enquanto você não perdoar o tal agressor, ele continuará a viver todos os dias com você, dentro de você, gerando ainda mais dor, sofrimento, angustias, amargura em sua alma, estragando o teu sono, acabando com a tua fome, destruindo os seus bons momentos em família e travando o seu futuro. Infelizmente isso tudo só vai amentar, pois o que ele fez de mal contra você continuará atingindo duramente a sua vida. Só existe uma maneira de livrar-se completamente desta perturbação terrível; perdoando. 

2.       DEUS SÓ PERDOA quem PERDOA – Mateus 6:14-15: Se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas."
Perdoar é tão importante que o próprio Deus condiciona o Seu perdão para conosco a nossa decisão de perdoar alguém. Mateus 6:12 Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores.” Marcos 11:25: “E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados". Por essa razão podemos afirmar que perdoar é fundamental para quem deseja ser salvo.” Mateus 7:21: "Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.

3.       PERDÃO NÃO É UMA DECISÃO da ALMA - Lucas 17:4: “Se teu irmão pecar contra você sete vezes no dia, e sete vezes voltar a você e disser: ‘Estou arrependido’, perdoe-lhe".
O perdão só é genuíno quando você decide racionalmente liberá-lo. O perdão não pode ser fingido e regado de confusas emoções. Quando você decidir perdoar então precisará saber exatamente o valor desta decisão, o peso da renúncia que existe sobre ela, e principalmente a convicção de que perdoar é o melhor a ser feito.
É preciso ainda lembrar de que mesmo perdoando você nunca esquecerá o que de ruim lhe fizeram, e é exatamente neste ponto que o perdão te ajudará tanto, é ele o cicatrizante das feridas abertas dentro de você. Perdoe, acredite é o melhor a se fazer. A sua decisão te levará ao dia em que você poderá olhar para as cicatrizes que ficaram, lembrará do que de ruim lhe aconteceu, mas estará totalmente livre de suas dores e o mais importante de tudo isso; você estará perdoado por Deus e salvo em Cristo Jesus.

CONCLUSÃO – No Altar Profético do Ano do Renovo Deus escolheu este dia para lhe perdoar, por tanto você agora já sabe o que deve fazer para alcançar tal perdão e a salvação em Cristo Jesus. Perdoe, porque esta é a vontade de Deus para sua vida.